Como Pode?

Icon

Você já se fez essa pergunta hoje?

Hackulo.us e Installous para iPhone, iPod e iPad fora do ar

Se você tem um iPhone, iPod ou um iPad, fez o jailbreak, e utilizava o source Hackulo.us (http://hackulo.us) para baixar apps através do Installous, descobriu hoje que o site está fora do ar. Para sempre.

Ao que parece, o projeto foi descontinuado. No site lê-se que os fórums andam abandonados, e é meio complicado manter o projeto. Infelizmente.

Para quem sempre usou o Installous do Hacklo.us, a solução é tentar outros sources disponíveis. Isso, até que novas informações apareçam a respeito.

Até o momento, optei por adicionar o source do iModZone Repo (http://cydia.imodzone.net/). Com ele, consigo atualizar o ultrasn0w, que utilizo para carregar o gevey do meu iPhone 4 (baseband 4 ainda). Meu jailbreak é thetered, não atualizei para o iOs 5 nem iOs 6 ainda.

Caso eu encontre algum source legal, que disponibilize apps crackeados como o Installous 5 fazia, posto aqui. Caso alguém entenda bem do assunto, e queira compartilhar nos comments, agradeço!

Update (30/12/2012): apaguei tudo que havia do Hackulo.us, e adicionei o source http://cydia.iphonecake.com (http://cydia.iphonecake.com). Baixei então o Appcake, que é parecido com o Installous. Por enquanto, é a alternativa para aqueles que, como eu, gostam de testar os aplicativos antes de comprar em definitivo.

O que aconteceu no vestiário do Tigres

Segundo um dos majores, em entrevista na TV Fox Sports, parece que seguranças do SPFC (em torno de 10 ou 12, segundo ele) entraram em confronto com integrantes do Tigres. A polícia, diferentemente do que está sendo postado nas redes sociais, e segundo o major, não apontou armas de fogo para os jogadores.

Imagens da Fox Sports da Argentina, em depoimento de Néstor Gorosito, parece que alguém chegou a sacar revólveres. Imagens do interior do vestiário mostram algumas imagens de sangue.

Suposta imagem de sangue no vestiário do Tigres

Suposta imagem de sangue no vestiário do Tigres

Nas redes sociais informam que tais manchas de sangue foram retiradas rapidamente.

Como montar a árvore de Natal

Faltam poucos dias para o Natal. Você já montou a sua árvore de Natal?

Montar uma árvore de Natal é fácil. Não é necessário gastar muito com enfeites. Você pode encontrar enfeites bonitos e baratos nessas casas de R$ 1,99 ou mesmo naquelas casas de cacarecos de chineses.

Basicamente, você irá precisar dos seguintes itens:

– uma árvore de Natal desmontável ou um pinheiro pequeno natural;
– bolas de Natal vermelhas grandes;
– bolas de Natal douradas médias;
– laços de tamanho médio;
– enfeites pequenos variados;
– luzes (pequenas lâmpadas num mesmo fio);
– uma estrela para colocar no topo;
– guirlandas

Inicialmente, você deve montar a base da árvore. Normalmente ela vem fechada, espremida. Você deve encaixar e abrir os galhos, “desaborchando” ela toda.

Em seguida, você pode colocar as luzes. Tente enrolar as luzes em cada galho, ou em vários galhos. Não jogue simplesmente as luzes em cima da árvore. Ao enrolar as luzes nos galhos, você aproveita bem o fio da lâmpada (que normalmente é enorme).

Espalhe algumas poucas bolas grandes vermelhas e alguns poucous laços. Como as bolas e os laços são grandes, você não pode exagerar.

Passe a colocar as bolas douradas nos espaços entre as bolas vermelhas e os laços. Tome o cuidado para deixar espaço para os enfeites menores.

Espalhe os enfeites menores, como Papais-Noéis, caixinhas de presentes, pirulitos, sininhos, etc… cuidado para não esconder demais os galhos dá árvore. Muitos enfeitinhos demais podem poluir demais a árvore, então vá com calma.

Finalize colocando guirlandas douradas, ou prateadas. Enrole a árvore, na forma de espiral, e uma única vez, com a guirlanda preferida. Aproveite e coloque a estrela no topo da árvore também.

Caso ainda não tenha recebido nenhum, coloque algumas caixas enfeitadas como presentes, na base da árvore. Isso irá esconder a base. Você pode espalhar alguns daqueles pinheirinhos de árvore de verdade também.

Caso queira, você pode salpicar a árvore com isopor ralado. Isso dará aquele efeito de neve. O único problema é que você irá fazer muita sujeira, e dependendo da ventilação do local, você terá que retocar a árvore de tempos em tempos.

Parabéns! Feliz Natal!

Árvore de Natal

Árvore de Natal

Como comprar cosméticos MAC e Vichy

Se você é mulher, vaidosa, e se preocupa com a sua aparência, deve saber que sua consultora Natura, ou consultora Jequiti, não passam de vendedoras sedentas por lucros. E que seus produtos, “na promoção pras amigas”, não chegam nem aos pés dos verdadeiros cosméticos americanos.

Vamos aos fatos. Você conhece os cosméticos MAC? Se não conhece, saiba que os cosméticos MAC fazem parte de um conglomerado maior, encabeçado pela gigante Estée Lauder. Esta, por sua vez, foi fundada por Estée Lauder, uma linda senhora que começou seu império em 1946.

Estée Lauder

Estée Lauder

Se você ainda não tem idéia da dimensão da coisa, é bom saber que Estéé Lauder também “toca” algumas outras empresas do ramo, a saber: Prescriptives, Bobbi Brown, Origins, Tommy Hilfiger e Crème de la Mer.

Produtos MAC são encontrados com certa facilidade no Brasil. No entanto, os preços são exorbitantes de caros. Isso se deve aos altos impostos e custos de importação. Dessa forma, como a mulherada não resiste (ou “sempre tem um trouxa que compra”), o preço não baixa. O que fazer então?

O melhor jeito de se comprar produtos MAC, como bases, batons, pós compactos, corretivos, etc etc, é através do site eBay (http://www.ebay.com), o Mercado Livre americano. Lá é possível encontrar vendedoras MAC sedentas por lucro, e que vendem pela Internet para o mundo inteiro.

Encomendar um Studio Fix, por exemplo, não é difícil. Você só deve ter o cuidado de encontrar um vendedor qualificado, com boas qualificações. Isso garante a idoneidade do vendedor. E o único risco é o transporte do negócio, do país de origem até o destino.

Bom lembrar que comprar cosméticos MAC pelo eBay não é garantia de bom negócio sempre, justamente pelo risco no transporte. Há chances remotas de a sua base se perder pelo caminho nos correios, tanto daqui quanto do país de origem. Apesar dos códigos de rastreamento, e tal, mesmo com eles não é certeza que um produto desviado será reembolsado de acordo. E os vendedores dificilmente arcam com esses tipos de problemas.

Mas vamos ser otimistas. Se você comprar pela Internet, pelo eBay, você irá receber cosméticos incríveis. Tanto da MAC quanto da Vichy, da qual ainda não falamos. Aliás, você pode encontrar qualquer cosmético, de qualquer marca no eBay. Até produtos Jequiti são vendidos pelas vendedoras sedentas por lucro. Como qualquer pessoa de qualquer pais pode comprar e vender pelo eBay, vendedores de todas as partes do mundo tentam fazer o seu pé de meia por lá.

Se você quer algum cosmético, e não quer pagar ps preços descabidos encontrados por aqui, pesquise sobre como fazer comp.ras pelo eBay

Com bater papo pela Internet

Desde os tempos mais remotos, é possível bater papo pela Internet. Conversar com amigos, ou fazer novas amizades, tem sido possível utilizando-se os mais diversos programas, chamados também de comunicadores instantâneos.

Quem utilizava a Internet nos tempos das antigas BBS’s, deve se lembrar que as conversas eram feitas em modo texto, com fundo preto e letras coloridas. Existiam alguns programas que rodavam em DOS, e utilizavam a conexão direta via telefone para conversar. Era necessário ligar diretamente para o número da pessoa, que também deveria ter o programa instalado.

Um pouco mais sofisticado, o mIRC, ou os programas derivados, permitiam entrar em salas com temas específicos, onde pessoas varavam as madrugadas em conversas animadas. Até hoje, o IRC e seus milhares de canais atraem milhares de pessoas, fiéis ao comunicador. Comumente, grupos fechados, geeks, saudosistas de tempos antigos da Internet ainda mantém os mais diversos canais.

Um dos primeiros comunicadores instantâneos de fato foi o ICQ. Quem não se lembra da florzinha verde para online, ou florzinha vermelha para offline? Para acessar o ICQ era necessário ter um número específico, ainda hoje utilizado por muitas pessoas. Existe até um comércio paralelo de números de ICQ curtos, antigos, com preços exorbitantes.

Outros comunicadores interessantes vieram depois. Entre eles, o MSN, que está para ser aposentado. O Skype, que irá substituir o MSN. O Google Talk, do Google. Entre outros…

Afinal, café faz bem ou faz mal?

“Pesquisas recentes indicam… ”

A todo instante, pesquisas recentes aparecem por aí falando bem ou mal do café. Uma hora a bebida é benéfica para a saúde… outra hora, dizem que, em excesso, não é indicado. Mas, afinal, café é bom ou ruim?

Fato é que, moderadamente, o café não faz mal. Em torno de três xícaras, o café faz até bem.

O café é uma bebida composta por centenas de substâncias. A mais conhecida, a cafeína, é estimulante. Vem dela os efeitos contra a sonolência, por exemplo. Ajuda também na digestão, e é vasodilatadora, aumentando a irrigação coronária. Se você toma café descafeinado, saiba também que a cafeína aumenta a capacidade de processamento mental. Não no seu caso.

Temos ainda no café os aminoácidos, vitaminas e sais minerais. Mas o mais importante no café são os chamados ácidos clorogênicos, polifenóis antioxidantes que ajudam a combater o envelhecimento das células. Isso ajuda diretamente na prevenção da diabetes (café com pouco açúcar).

O que se fala sobre os malefícios do café estão relacionados com a absorção de cálcio pelo organismo. Isso sugere que pessoas com osteoporose, por exemplo, deveriam evitar o consumo excessivo. Outro problema seria relacionado com a sensibilidade à cafeína.

No entanto, no frigir dos ovos, o café faz bem. Estudos recentes (estudos recentes…) dizem que:
– é bom contra o câncer de próstata;
– é bom contra o Mal de Parkinson;
– reduz o risco de câncer no endométrio;
– é antidepressivo;
– é coadjuvante em remédios para dor;
– ajuda a perder peso;
– alivia dores de cabeça e enxaquecas;
– previne contra câncer de colo e reto;
– previne contra a celulite.

Sinceridade

Sinceridade

Sinceridade

O que é uma Impressora 3D

Você já deve ter visto por aí alguém falando que é possível se teletransportar, e tal. Resumidamente, desaparecer, e reaparecer em outro lugar, como nos filmes de cinema.

Até o momento, de acordo com as leis da física atuais, isso não é possível. Não há tecnologia, ou explicação físico/química, que permita que um átomo, ou a totalidade deles, simplesmente suma e reapareça, rearranjado da forma correta, em outro lugar. O que se sabe até o momento, e de forma rudimentar, é algo como uma replicação de átomos.

O mais próximo do Teletransporte até o momento, visível a olho nu, é o que é feito pelas chamadas Impressoras 3D. Tais impressoras pegam um modelo de algo físico, e redesenham o mesmo modelo em umam máquina, em material feito de resina.

É como se algo físico, em 3D, fosse escaneado, e impresso numa impressora 3D.

Tais impressoras são realidade hoje. Apesar do preço, as impressoras 3D fazem o que se propõem: esculpem algo, que normalmente está desenhado em algum programa de computador.

São várias as tecnologias no processo de impressão 3D. Muitos modelos utilizam-se de plástico, fios de plástico finos, que esquentados, vão montando camada a camada o modelo desejado. É a mesma idéia de uma impressora de papel. Sobrepõe-se as camadas de tinta (no caso, de pedacinhos de fio plástico), até que o objeto apareça.

A idéia por trás de uma impressora 3D permite esculpir/imprimir modelos fantásticos. Como não há emendas, “soldas”, como os modelos brotam a partir de minúsculas partículas do material utilizado, a precisão, dependendo da impressora, permite a combinação de cores, formando peças encaixadas ou não, sem contato físico.

O Brasil tem contribuído de forma muito interessante no mercado de impressoras 3D. Destacam-se 2 grupos principais. Um deles é o pessoas do Metamáquina, que se propõe a criar impressoras 3D que poderiam se auto-replicar. Ou seja, podem desenhar as próprias peças que as contituem.

Você pode saber mais sobre o pessoal do Metamáquina no site Catarse.

http://catarse.me/pt/projects/532-metamaquina-3d

Outro grupo, que acho que é composto apenas por apenas uma pessoa, é o do Junior Veloso. Aliás, foi vendo um vídeo de seu projeto que resolvi postar aqui. Junior Veloso desenvolveu, from scratch, sua impressora 3D em casa. Seu projeto é destaque nas redes americanas. A idéia por trás de sua impressora, pelo que entendi, é não seguir o modelo formal de impressão por camadas. Na verdade, o modelo vai sendo “solidificado” através de luz incidente em resina líquida. Algo assim:

Você pode acompanhar a impressora do Junior visitando seu site:

http://3dhomemade.blogspot.com.br/

Parabéns pro pessoal da Metamáquina e para o Junior Veloso. Esses caras são fodas!

Como conseguir dinheiro fácil

Cedo ou tarde, você pode precisar de um empréstimo. Seja para socorrer suas contas, ou para acertar algum financiamento mal feito, ou para compras de última hora… se você é uma pessoa incompetente, mal sucedida, e não tem dinheiro, você terá que recorrer a um empréstimo e pagar juros altos.

Não tenha vergonha da sua incompetência. Se você precisa de mais dinheiro do que suas reais necessidades, e não tem, você é incompetente. Isso porque você vive num país capitalista, e é amparado por um governo eleito. Todas as suas necessidades são supridas pelo governo eleito. Pra que dinheiro extra? Você tem direitos a perder de vista, não precisa de luxo, gastos desnecessários. E se precisa, é por capricho. E se não tem, é incompetente para com seus caprichos.

Vejo todos os dias uma senhora que pede dinheiro na rua. Ela sim é competente. Ela é velha de guerra, usa e abusa de tudo o que o governo pode dar. Mora em albergues, onde tem, por tabela, assistência médica em momentos de crise. Consegue algumas bolsas do governo, com as quais paga suas necessidades básicas não amparadas pelo governo. Seus filhos ficam nas creches. Seu marido é um enconstado do INSS. E ambos ganham, pelo menos, uns R$ 50,00 por dia nos semáforos.

É fácil viver com pouco ou nenhum dinheiro.

Se você não quer pedir dinheiro, você pode ir à luta, e dar o rabo. Centenas de milhares de mulheres, em todos os cantos do país, fazem isso diariamente. São as chamadas prostitutas, garotas de programa, damas de companhia, acompanhantes.

Engana-se quem pensa que ganhar dinheiro dando o rabo é algo complicado. Muitas mulheres o fazem de forma sutil, mas mais aprimorada. Algumas muitas mulheres, ao escolherem um cliente abastado, generoso, dão o chamado golpe do baú. É a forma mais complexa de prostituição, pois a mulher entrega-se de corpo e alma ao dinheiro e à sua fonte.

Incluem-se nesse grupo um número maior de mulheres. Na casa dos milhões. Tais mulheres ganham dinheiro fácil, esquivando-se do trabalho, dando o rabo cerimoniosamente quando são inquiridas. Fazem outros serviços mais complexos, como os afazeres domésticos, a encenação diária de bom convívio, o papel de mães zelosas (sim, algumas têm até filhos!), etc. A entrega é total, e lá se foi uma vida.

Mas com dinheiro no bolso.

O mesmo acontece em versões masculinas, mas com menos frequência.

Existem outras formas de se ganhar dinheiro. Vê-se muito por aí o tráfico de drogas, os assaltos a bancos, os estelionatos, os golpes, etc. Mas tais formas de se ganhar dinheiro enquadram-se nas formas ilícitas. A pessoa que faz isso vai preso. Porque o Brasil é um país justo, e a justiça cumpre o seu dever. Afinal, todas as pessoas são amparadas pelo governo, têm tudo o que precisariam. Não precisariam se perder em caprichos exacerbados.

Como comprar e revender produtos e ganhar dinheiro

Então você está precisando de dinheiro, e resolveu investir na revenda de produtos para conseguir aquele adicional, aquele complemento no salário todo final de mês. Como andam suas vendas?

Comprar e revender tem sido a opção mais rentável para muitas pessoas. Produzir para vender não é tarefa fácil, ainda mais com a concorrência em praticamente todos os setores da economia. Imagine você, que da noite pro dia resolve fabricar algum produto em casa, para sair vendendo nas lojas…? Já imaginou, de verdade, o trabalho que você vai ter?

Vamos a um exemplo prático. Você viu no programa da Ana Maria Braga, ou em alguma dessas revistas de R$ 1,00 por aí, que a venda de velas ornamentais é algo fácil, lucrativo, e sem necessidade de experiência anterior. Bingo!

No dia seguinte, naquela lojinha de artesanato, você se depara com 16 mulheres, muitas das quais donas de casa, como você… e por uma infeliz conicidência, 10 delas pedem exatamento o que você está pedindo! Cera em blocos, essências, alguns lacinhos, fitas… mas nenhuma cita, ou faz menção, ao programa que passou na TV no dia anterior. Aliás, todas se entreolham desconfiadas… por que será?

Derreter a cera em banho-maria, pegar os moldes, acertar na essência, na preparação, na decoração da vela… tudo isso é muito prazeroso. Mas e o lucro? Financeiramente falando, você, humilde dona-de-casa, terá muito trabalho para poder fazer uns kitzinhos de velas bonitinhas… para depois divulgar por aí… torcer para alguém gostar, e comprar. Isso, não incluindo o seu grupo de amigas, ou círculo familiar. Isso porque, algum dia, não muito distante, essas pessoas estarão entupidas de suas velas, cansadas de demonstrar boa vontade, e sem dinheiro para te ajudar na sua empreitada.

Perceba que esse é o erro mais comum encontrado por aqueles que tentam começar um negócio de produção e venda de produtos. Sobra a boa vontade, o sonhar alto, mas falta aquilo que as pessoas chama de plano de negócios. Estudar o mercado, os produtos, a real necessidade de se abrir MAIS uma empresa, tudo isso não é feito de maneira correta e sensata hoje em dia.

Isso porque falta estudo e dinheiro. Buscar a assessoria ideal não é tarefa fácil. Aceitar os conselhos oferecidos por empresas como o Sebrae, ou alguma incubadora de negócios, é muito difícil para quem quer ser empreendedor. A certa altura da empreitada, as pessoas acham que já têm tudo planejado. Ou acham que as orientações oferecidas não passam de meros palpites, ou tentativas de se roubar as brilhantes idéias… espiões industriais… etc etc.

Grosso modo, resumidamente, a melhor forma de ganhar dinheiro é comprar barato e vender caro. Pula-se a dura tarefa de produzir, e cai-se direto no filé mignon do negócio, que é vender com lucro. Todo mundo faz isso hoje em dia. Pouco se sabe sobre os reais produtos, inventores dos produtos. Ou são grandes empresas, com ramificações, conglomerados, etc, que um pobre mortal nem imagina como é… ou são pequenos produtos, mas com um mínimo de estrutura, conseguida com muito custo, ao longo de muito tempo, com muito estudo e muito dinheiro. Porque sem dinheiro nada se cria sozinho, nada se produz sozinho, nada se repõe no estoque sozinho.

Vamos a um exemplo prático. João, desempregado, vende balas no trem. Trabalhador informal, vende um Hall´s por R$ 1,00. O mesmo Hall’s que no bar da esquina custa R$ 1,50.

João tem lucro, mesmo com esse preço abaixo da “tabela”. Isso porque João, ou no começo do dia, ou no dia anterior, foi num desses mercados que vendem por atacado, e comprou caixas e caixas fechadas do Hall’s, prestes a vencer, por preço de banana. Algo em torno de R$ 0,30 por exemplo. João tem um lucro de R$ 0,70 por cada Hall’s. Isso, na ponta do lápis, no final de um dia intenso de fuga do rapa e vendas alucinantes, ele consegui vender umas 10 caixas de Hall’s… cada uma com Hall’s… 200 x R$ 0,70 = R$ 140,00!

João em um dia conseguiu ganhar mais do que um barbeiro, um manobrista, um guarda civil metropolitano ou um professor de ensino fundamental com pós-graduação em alfabetização para pessoas especiais. Pasmen!

Repare que o ramo de compra e venda não requer tino comercial, sorte, estudo ou porra nenhuma. Em um vagão de trem temos algo em torno de 40 pessoas. Por viagem entre uma estação e outra, caso o rapa não esteja de olho, João consegue vender, brincando, 5 Hall’s. faltariam em torno de 195 Hall’s, algo em torno 20 viagens? Pela manhã ele já fez muito mais do que 20 viagens entre estações.

João precisa almoçar todos os dias. Quando chega lá pelas 13:00 hs, João para no bar do Seu Manoel, que serve PF (prato feito), ao preço de R$ 9,00. Um almoço servido, com arroz, feijão, ovo, bife, macarrão e salada de alface.

Para o Seu Manoel, o lucro é maior ainda que o de João. Vamos pegar somente o ovo para exemplificar. Em um PF, se você pedir pra fritar um ovo, é cobrado algo em torno de R$ 1,00. Muito barato. Mas caro, se olharmos com um olhar clínico de empreendedor. Isso porque Seu Manoel, a cada PF, coça seu bigode e sente a caixa registradora tilintar, por que cada ovo custa apenas R$ 0,14! Um lucro exorbitante, se comparado ao Hall’s do nosso amigo João!

Seu Manoel paga R$ 0,14 por ovo, usa o mesmo óleo e o gás, e ganha pelo menos R$ 0,80 por ovo! Por PF! Imagine o quanto Seu Manoel não ganha com os outros ingredientes do seu PF?

Comprar e vender caro é o caminho para se ganhar dinheiro. Já diziam isso os milhares de vendedores do EBAY e do Mercado Livre. Todos os dias, centenas de milhares de compras e vendas são feitas, sem pesquisa alguma de preços, e pessoas antenadas ganham, nos centavos, o seu pão de cada dia.

Vamos conhecer agora Dona Júlia, 52 anos. Comprou recentemente mais um monitor. Tem 3 monitores agora em sua escrivaninha. Passa o dia vendendo produtos no Mercado Livre.

Dona Júlia não tem estoque. Suas compras e vendas são virtuais. Não existem fisicamente. Ela simplesmente faz cálculos de frete. Anuncia um produto que não tem em casa, mas que sabe que irá chegar na casa de quem pagar por ele. E é atrás dessas pessoas que Dona Júlia vai atrás todos os dias.

Ao encontrar um produto interessante (Dona Júlia tem seus nichos, seus produtos preferidos para comprar e vender), Dona Júlia capricha da descrição do produto novamente. Faz isso pacientemente, estudando a oferta e a procura em todos os fórums de discussão que encontrar pela frente. Anuncia um porta-copos, por exemplo, como se fosse a maior promoção encontrada por um marchant, em dia inspirado. Dona Júlia vende o porta-copos por um preço 11 vezes maior que o que irá pagar. No seu lucro, está embutido o produto, que ela ainda vai pechinchar, o frete, a Internet que ela usou, o café, o almoço do Seu Manoel e a Corega que ela usa. E ela ainda sai no lucro.

Você está rindo de Dona Júlia? Pois saiba que no Brasil, tudo o que você compra tem embutido a Corega, o Iate, as prostitutas de luxo, e tudo o mais que você possa imaginar de luxo inenarrável. Paga-se em impostos mais do que o custo para fabricar o mesmo produto duas vezes, pelo menos. E quem se aproveita dessa bonaça toda? Não é você.