Archive for December, 2011

Benefícios da corrida / caminhada diárias

Posted in Natureza, Pessoas on December 11th, 2011 by Administrador – Be the first to comment

Já fazem quase 2 meses que venho fazendo exercícios. Mais precisamente, faço caminhadas de 45 minutos a 1 hora, todos os dias. Estou voltando a pé do trabalho.

Posso dizer que foi uma das melhores decisões que tomei esse ano. O prazer da caminhada e o bem-estar logo depois do exercício foram gratas surpresas que eu não esperava.

Lendo por aí, todos elogiam a caminhada. Exercício físico barato, fácil, só requer a disposição, o pontapé inicial. Caminhar algumas vezes por semana, e aumentar o ritmo aos poucos, é muito tranquilo. Não há segredos.

Vamos aos números. Tenho 32 anos, e pesava em torno de 86 kg. Minha altura é de 1,72 m. Segundo os cálculos dos entendidos no assunto, eu estava pouca coisa acima do peso. Meu serviço é corrido, estressante, repetitivo. Então, era hora de eu começar a me mexer.

Não mudei meus hábitos alimentares. Como errado, como muito, como muita porcaria. Tomo muito refrigerante, como doces, como carne. Mas mesmo assim, consegui perder 2 kg! Não passei fome, e perdi peso!

Minhas caminhadas são tranquilas, raramente caminho em ritmo acelerado. Certo seria dar uma acelerada, ficar atento à tal FCM (frequencia cardíaca média, se não me engano). Ter um medidos de batimentos cardíacos, e tal… mas não cheguei a tanto ainda. Sou amador hehe.

Nessa última semana, aumentei um pouco o ritmo e arrisquei algumas corridinhas leves. Transpiro bem mais quando corro. Em breve, espero estar correndo mais do que caminho. Não pretendo só correr, pra não comprometer meus joelhos. Não tenho nenhum problema sério, mas cansei de ver meus colegas com os joelhos estourados por besteira… então, melhor prevenir do que remediar.

Em relação aos benefícios, percebi que minhas dores de cabeça sumiram. Eu tomava Tylenol pelo menos uma vez por semana, e nesses 2 meses não precisei dele nenhuma vez. Percebi também que não tive mais palpitações. Eu sentia, no pico do estresse do trabalho, que meu coração estava batendo acelerado… e com as caminhadas, isso não aconteceu mais.

Tenho mais fôlego. Vejo por meus colegas de trabalho. Antes, reclamávamos todos da correria, da demanda, da cobrança. Hoje, eu reclamo menos, sinto menos cansaço. Até porque espero com ansiedade a hora de ir embora. É nessa hora que corro pro banheiro, troco de roupa, boto a bermuda e o tênis, e bato perna!

Meço com frequencia minha pressão, e ela é alta. Preciso ir no cardiologista urgente, adiei demais isso. Mesmo assim, vi que minha pressão baixou um pouquinho. Não tive mais picos assustadores no aparelhinho.

Tive problemas no nariz. Já operei de desvio de septo, pólipo, e tal, e meu olfato é um pouco comprometido. Caminhando, percebi que sinto mais cheiro do que antes. Sai menos secreção, respiro melhor. Meus pulmões não puxam ar com dificuldade, o ar entra tranquilamente.

Meu humor melhorou sensivelmente. Pelo que li por aí, isso é culpa da endorfina, liberada com maior intensidade quando fazemos exercícios. Além do humor, do bem-estar, me concentro mais também. Tudo, psicologicamente, melhorou.

Como não tenho controle dos meus níveis de colesterol, triglicérides, e tal, não posso dizer nada a respeito. Mas com certeza, os números devem ter se aproximado mais do ideal do que estavam antes.

Enfim, estou muito satisfeito!