Como Pode?

Icon

Você já se fez essa pergunta hoje?

Como funciona o Uber

Muito se tem falado ultimamente sobre o Uber, serviço alternativo de transportes urbano, mas ninguém explica de fato como o serviço funciona.

Pensando nisso, resolvi fazer um post definitivo, do ponto de vista do passageiro. É muito importante que todos conheçam o Uber, seus prós e contras, para que não sejamos pegos de surpresa quando precisarmos do serviço.

O Uber é uma forma de se locomover pela cidade, pagando para um motorista que não é um taxista. Não é uma carona, pois o serviço é pago. E não é um táxi.

Um taxista, para poder transportar passageiros, precisa ter uma licença, um alvará emitido pela prefeitura. O taxista anda na linha, tem que pagar os impostos devidos. Um ponto de táxi, hoje, pode custar R$ 100.000,00.

Já pelo Uber, os motoristas não pagam todas essas taxas. Isso porque, pelo Uber, eles se enquadram como empresa de tecnologia, prestando serviços numa “brecha” tributária.

Esse é o motivo da guerra entre taxistas e motoristas do Uber. Enquando uns pagam muito, outros não pagam. E fazem quase o mesmo serviço.

Para se utilizar o Uber, basta instalar o aplicativo no celular (Android e iOS). Você pode fazer o cadastro pelo link abaixo, e receber um crédito de R$ 20,00 para conhecer o serviço. Experimente de graça sua primeira viagem:

https://www.uber.com/invite/8yhvjaqjue

Com o aplicativo instalado, basta escolher para onde ir. Um motorista cadastrado será localizado, você saberá de antemão quanto irá pagar, você irá fazer a sua viagem, e pronto. Tudo feito e tudo pago pelo celular (é necessário um cartão de crédito).

Quais as vantagens? Se você anda de táxi à noite (Bandeira 2), com o Uber fica mais barato. Durante o dia (Bandeira 1), os valores são parecidos.

O Uber tem todo um processo para cadastramento de motoristas. Os motoristas são indicados por motoristas já cadastrados. Os motoristas podem ser avaliados pelo aplicativo. Os carros podem ser mais chiques que os táxis comuns.

O Brasil é um país engessado. Andar de táxi não é fácil. Não é barato. São necessários muito mais taxistas no país, mas a dificuldade, a corrupção para obtenção de alvarás, escancara a necessidade de alternativas. Some-se a isso o caótico transporte público, o caos urbano…

É aí que entra a inovação, a jogada, o social. Uber vem ajudar onde o Estado atrapalha. Não por culpa dos taxistas, não por culpa dos passageiros.

A simplicidade do Uber é necessária. O ideal seria se os taxistas pudessem se utilizar da tecnologia, da forma como o Uber permite. Mas há toda uma estrutura, uma hierarquia, um retrocesso histórico que prejudica a todos.

Experimente o Uber. Faça o cadastro e dê uma voltinha de R$ 20,00 grátis.

https://www.uber.com/invite/8yhvjaqjue