Como Pode?

Icon

Você já se fez essa pergunta hoje?

Por que comprar um iPhone 4?

Nunca comprei um telefone celular. Sempre ganhei de presente. Meu primeiro celular foi um Motorola, modelo Talkabout. Era um celular pequeno, com visor igual ao do Game Boy. Supria bem minhas necessidades, que não eram muitas. Aliás, eu não precisava de celular, mas minha mãe precisava saber onde eu estava.

Celular Motorola Talkabout

Celular Motorola Talkabout

Meu segundo celular foi um Nokia, cujo modelo eu não me lembro o nome. Era um modelo colorido já, com menuzinho, e tal. Ganhei da patroa, que queria monitorar minhas conversas. Foi um bom celular, deve estar funcionando até hoje.

Meu terceiro celular foi um Nokia também. Minha patroa tinha comprado um Nokia N70, mas achou ele um pouco pesado, e me deu de presente. Esse foi um celular valente. Ele tinha uma câmera de 2mp, e foi o que mais usei para tirar fotos até hoje. Pude instalar vários aplicativos nele também. Como rodava o Symbian, tinha um monte de joguinhos disponíveis. Era um Smartphone completo, como dizem por aí.

Nokia N70

Nokia N70

Tive também um Nokia E65. Esse era bem parecido com o Nokia N70, em relação ao processamento, funcionalidades. O teclado era deslizante, e o celular era menor que o N70 também. Muito legal esse aparelho, tinha wi-fi, e tal. O navegador era razoável, abria as páginas mais simples, e as páginas otimizadas para mobile. Esse celular era do amigo do amigo de não sei quem, amigo do meu irmão, que ia buscar o celuar em casa… e como o meu antigo N70 tinha zicado o display, não pensei duas vezes. Peguei emprestado pra mim.

Nokia E65

Nokia E65

Meu último celular, também um presente, foi um iPhone 4. E esse sim é um senhor celular. Eu sempre quis, por exemplo, jogar Street Fighter 2 no celular. No iPhone 4, não só joguei o Street Fighter 2, como joguei vários outros Street’s disponíveis.

Jogar no iPhone 4 é realmente surpreendente. Não sei como funciona em outros celulares Android, mas a tela multi-touch do iPhone 4 é muito boa. Telas multi-touch permitem uma variedade maior de comandos, necessários em jogos. Como num video-game, agilidade é fundamental, e a tela responde bem aos comandos.

Além dos jogos, tenho me divertido bastante com a opção de mapas e GPS. O iPhone 4 utiliza os mapas do Google Maps. Inclusive, aparecem as imagens do Google Street View (http://www.riostreetview.com). Com o posicionamento automático, dá pra traçar rotas, e tal… bem legal.

Em relação às mídias sociais, o iPhone 4 tem aplicativos interessantes. Instalei um aplicativo do Facebook mesmo, e achei bem legal. Pro Twitter, uso o Echoffon. Pra navegar, temos a opção de zoom na tela, utilizando dois dedos. Uso o Safari, e estou bastante satisfeito. Muitas pessoas questionam o iPhone 4, pois ele não abre sites em flash… mas para isso, existem vários navegadores disponíveis por aí, que já abrem flash também.

Venho usando pouco o iPod (sim, o iPhone tem um iPod instalado). Cabe muita música, são vários os aplicativos disponíveis. Tem um que está me ajudando muito. Ele identifica a música que está tocando. Como tenho milhares de músicas, muitas das quais totalmente bagunçadas, sem título, sem nada, o aplicativo é uma mão na roda.

O único problema que tive até agora foi a câmera frontal. Ela resolveu dar pau. Pesquisei muito na Internet a respeito, e vi que fui abençoado com um dos modelos cuja câmera trava, sem motivo aparente. Não adiantou nada eu dar boot físico, atualizar o firmware, etc. Até trocar de cãmera já tentei, mas a câmera que eu comprei parece muito fajutinha… então estou no aguardo da outra câmera, que comprei pelo eBay.

Como o iPhone 4 tem duas câmeras, venho me virando com a câmera traseira (aquela que tiramos fotos de nós mesmos). Ela é muito boa. E se ela é boa, a da frente então deve ser bem melhor.

Um dos problemas que o iPhone 4 pode trazer aos usuários é devido ao bloqueio. O iPhone 4 vem de fora (o meu veio dos EUA) bloqueado, só funcionaria com chip da AT&T, uma operadora dos EUA. Para burlar esse bloqueio, tenho um negocinho chinês, chamado Gevey. Ele permite que eu utilize um chip pré-pago da TIM. Dessa forma, telefonar e usar a Internet é bem tranquilo.

Já postei aqui sobre alguns probleminhas na atualização do software (no momento, estamos na versão 4.3.5). Tive que fazer o Jailbreak, que é um procedimento legal, e que me permite baixar aplicativos de graça. Caso não seja feito o Jailbreak, é necessário pagar por cada aplicativo baixado. Os preos são baixos (coisa de 0,99 dólar, ou pouco mais que isso), mas de aplicativo em aplicativo, a coisa pega. Como eu sou pobre (ganhei o iPhone 4), não posso me dar ao luxo de pagar por todos os aplicativos… mas quem tem grana nem deve se preocupar com isso.

Estou planejando, num futuro próximo, pegar um celular Android. Já brinquei com um, e achei bem prático também. Só que, como nunca comprei celular, espero não precisar comprar esse também hehe…

Category: Notícias, Tecnologia

Tagged:

Leave a Reply