Como Pode?

Icon

Você já se fez essa pergunta hoje?

Etiqueta, modos, o que fazer em um restaurante japonês

Ok, você foi convidado pelo seu amigo cool pra ir a um restaurante japonês, mas você nem por decreto quer ir, pois não sabe o que fazer lá. Comer peixe cru? Comer com pauzinhos? Tirar os sapatos pra comer? Comer de joelhos?

Com a grande quantidade de restaurantes japoneses por aí, é bom estar por dentro do que fazer e o que não fazer. Não que isso vá fazer alguma diferença, até porque quem mais repara nos deslizes é o sushiman, ou quem já é do ramo. Mas quem não sabe nada, só tem que saber o básico, para não fazer feio com quem já sabe alguma coisa.

Em primeiro lugar, dependendo do restaurante você vai ouvir um grito, logo ao entrar. Pode ser o próprio sushiman que irá berrar. Ele irá falar algo como “Irashaimase!!”. Muitas pessoas se assustam, e dão meia volta. Mas na verdade, ele está te dando boas vindas.

Em alguns restaurantes, você come em mesas normais, com cadeiras, e tal. Em outros mais requintados, você é convidado a tirar os sapatos e sentar em um ambiente bem característico. Mesas baixas, almofadas para você apoiar seus joelhos, etc. Para os padrões ocidentais, é meio desconfortável essa postura. Ainda mais se você quiser seguir à risca a etiqueta. Você deve manter a postura ereta o tempo todo. Se quiser, você pode se sentar com as pernas cruzadas, mas aí sua postura ficará mais relaxada. Não que isso seja um problema, mas como diz o ditado, “Se queres comer bem, não ofenda o cozinheiro”.

Restaurante Japonês

Restaurante Japonês

Já sentado à mesa, você irá se deparar com um paninho branco. Esse paninho, em alguns lugares, é até aquecido. Ele serve para você limpar as suas mãos. Nunca o rosto, ou os braços. Isso porque você irá usar as mãos para comer.

Toalha molhada no restaurante japonês

Toalha molhada no restaurante japonês

Pra comer no restaurante japonês, você irá usar os hashi. Hashis são aqueles palitinhos de madeira. Os hashis podem ser de madeira, bambu, plástico, porcelana, etc.

Hashi

Hashi

Aprender a usar o hashi pode não ser fácil logo de cara. Se você não sabe, pode ir treinando em casa antes. Ensinar a usar o hashi não é fácil, mas algumas regras fundamentais são:

– nunca espete o hashi nos alimentos;
– não aponte o hashi para outra pessoa enquanto come;
– não amole um hashi no outro, tentando afiá-los ou tirar fiapos (no caso daqueles hashis que vêm grudados, e devem ser quebrados pra poder usar).

Quando a comida vier, fique atento. Normalmente, os pratos são servidos em sequência. Você prova um, depois outro, depois outro… em alguns casos, vários pratos podem vir juntos… a coisa vareia. Caso seja o esqueminha da sequência, não tenha pressa. Coma devagar, saboreie… e se ficar com fome no final, emende um Habib’s mais tarde.

Entre um prato e outro, pode ser que você veja uns fios brancos de um legume. É o famoso nabo. O nabo não serve apenas para enfeitar os pratos. Ele é um alimento, e serve para “limpar” sua boca entre um alimento e outro. Ele tem esse “poder”. Belisque o nabo de vez em quando para tirar os excessos.

Fios de nabo atrás

Fios de nabo atrás

Alguns alimentos você irá comer com as mãos. Um deles é o sushi. O sushi é feito milimetricamente pelo sushiman para caber inteiro na sua boca. Sim, logo que você entra, o sushiman já mediu o tamanho da sua boca, e já sabe quanto cabe nela. Por isso, nunca se deve morder um sushi. Enfie ele inteiro.

Não abuse do shoyu. O shoyu, molho de soja, não deve ser usado em excesso. Use um pouquinho só nos sashimis (peixe cru). Nunca no arroz, ou sobre o arroz. Isso porque o shoyu desmonta o sushi. E outra porque o shoyu interfere demais no sabor dos alimentos. Você acaba só comendo shoyu.

Category: Coisas Estranhas, Imagens, Vídeos

Tagged:

Leave a Reply