Como Pode?

Icon

Você já se fez essa pergunta hoje?

O submundo dos botecos

Não sou frequentador assíduo, mas quando eu era menor, eu ia num boteco perto de casa jogar bilhar. Era tudo tranquilo, apesar de proibido. Comprávamos ficha, e jogávamos.

Na época, a moda era jogar fliperama também. Mas bilhar era legalzinho também. Não lembro bem qual tipo de jogo jogávamos. Um dos jogos era aquele onde tirávamos a primeira bola, e separávamos as pares das ímpares.

Bom, fato é que lembrei do bilhar, só pra retomar uma outra coisa da época. Nesse mesmo boteco, além de jogar bilhar, eu tomava tubaína. E além de tomar tubaína, eu comia torresmo. Sim, torresmo.

Eu não tinha muita noção sobre higiene, saúde pública, coisa e tal. Por aí você já pode imaginar com o que eu estava lidando. O torresmo, do Seu Nelson (o dono do bar), era gostoso. Mas era uma bomba atômica. Gordura pura.

Torresmo, hoje, aprendi que é aquela coisa sequinha, crocante. Mas o torresmo do Seu Nelson era borrachudo. Eu tinha que fazer força pra rasgar o negócio. Sem falar naquele monte de óleo, que guardanapo nenhum dava conta. Era encharcado mesmo.

Vez ou outra eu emendava um ovo cozido, pra completar o banquete. Jogar bilhar, tomar tubaína, comer torresmo e um ovo cozido. Isso, com dez anos, no boteco da esquina.

Category: Natureza, Pessoas

Tagged:

Leave a Reply